terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Conhça Melhor o Brasil de Água Boa a Niquelândia GO

Saímos de Água Boa às 05h00 de 23.12.2011 em um veículo Gol g/4 com tanque cheio onde pagamos o valor de 3.14 o litro da gasolina, dando início à expedição de Norte a Sul pelo estado de Goiás.

De Aragarças saímos às 09h00 (horário nosso) pegamos a BR. 070 uma rodovia em perfeitas condições de tráfego e de pouco movimento, em direção a Jussara onde paramos para almoçar às 11h30, (hora local, apesar de estar muito cedo devido ao fuso horário), tivemos que nos adaptar e acertar os relógios para o horário local.

Nossa viagem como combinado antes da partida, seria em velocidade baixa com direito as paradas que a reportagem exigisse.

Após passar por Goiás Velho pegamos a GO 070 e chegamos a Itaberaí onde fizemos uma parada para abastecimento, pois as placas indicavam o preço da gasolina muito convidativo, o litro da gasolina a 2.52, isso mesmo, 0.62 mais barato do que pagamos na saída de Água Boa em cada litro.

Uma surpresa o veículo lotado com malas e equipamentos já tínhamos rodado 572 km gastando apenas 35 litros apenas 89,00, fazendo a média de 16.3 por litro.

Tivemos a primeira errada por não ter placa indicativa da saída para pegarmos novamente a BR 070 até a Br. 153 a famosa Belém Brasília.

Sentimos na pele as reclamações dos motoristas que visitam Água Boa e sempre reclamam da falta de placas indicativas das localidades.

Depois de perguntar a uma bela moça frentista de um posto que com muita hospitalidade gentilmente nos informou que seria a saída de Itaguaru (pelo nosso mapa do Google buscamos as cidades principais e não tinha Itaguaru e as pessoas com quem falamos antes, não tinham conhecimento pra que lado ficava a dita rodovia BR153) foi onde confundimos um pouco, haja vista que na cidade de Goiás a BR - 070 desaparece e vira a GO – 070.

Saímos rumo a Itaguaru e na cidade mais uma parada para perguntar o roteiro, pois o nosso objetivo seria a BR153.

Fomos avisados das péssimas condições da rodovia que teria muitos desvios na estrada de chão vermelho. Não entendemos por que até hoje a BR não foi concluída.

Logo após a saída a rodovia com o pomposo nome de BR070 se transformou em estradinha de chão, e de mão única com pontinhas de madeira.

Também nos trechos asfaltados encontramos vacas leiteiras remoendo dentro da estrada, da para o leitor que está viajando conosco concluir o tráfego da estrada.

O Brasil parou por aqui bem no meio do desenvolvido estado de Goiás.

Tivemos muita sorte, pois com o sol bem quente, assim evitou a estrada escorregadia de quando o tempo está chuvoso, mesmo assim deparamos com vários lugares com sinais de atoleiros.

Sobre os Trilhos da Ferrovia Norte Sul

Depois de passar por vários desvios onde certamente um dia será construído várias pontes encontramos um viaduto no cruzamento da Ferrovia Norte Sul, pois, há um trecho prontinho da obra nesta região.

Depois da parda para tirar fotos e contemplar a famosa ferrovia que foi iniciada a mais de 20 anos no governo Sarney (1985 /1989) está com trechos concluídos, seguimos em estrada empoeirada com desvios em direção a Belém Brasília. (o Jornalista Inácio Roberto (Rádio Interativa) também passou pelo mesmo local, ler o artigo aqui)

Chegamos no progresso de novo e por ser época de festas a movimentação da rodovia que já é a uma das mais movimentadas do país e muito perigosa, encaramos o trânsito fora do comum para os nossos padrões costumeiros do Vale do Araguaia em MT.

Ainda bem foram apenas 10 km e chegamos a Jaraguá a capital das Indústrias de Confecções de Goiás.

Deixamos a Belém Brasília e seguimos na GO - 080 rumo a Goianésia em um percurso de apenas 53 km.

A cidade bela e muito próspera nos surpreendeu também pelo tamanho, mais de 60 mil habitantes.

Mais uma dificuldade na hora da saída mais uma vez sem placas indicativas.

Contamos novamente com a hospitalidade dos goianos e pedimos informação e saímos rumo a Niquelândia.

Tudo na cidade é no superlativo para os padrões da região.

Na saída uma grande indústria de produtos alimentícios, depois uma grandiosa Usina de Cana.

Encontramos uma fila enorme de ônibus transportando funcionários.

Em Souzalândia uma enorme mineradora da multinacional Anglo American.

Seguimos nossa viagem com dificuldade pela falta de placas de orientação e pegamos a BR 080 em um pequeno trecho, depois a esburacada BR 414 com placas escondidas no meio do mato e enfim chegamos às 19h00 em Niquelândia de onde escrevo este texto.

Hoje terça-feira 27.12.2011 estamos de saída para Uruaçú / Campinorte / Mara Rosa/ Estrela do Norte/ Santa Tereza/ Formoso e Porangatu. Depois retornaremos para nossa central em Niquelândia onde temos muitos lugares para visitar: Lago Serra da Mesa / Mineradora Votorantim / Muquém etc.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início