quarta-feira, 31 de março de 2010

As dez principais notícias de hoje 31 de março

Política
1. Dilma e Serra anunciam hoje saída de cargos

Os dois principais pré-candidatos das próximas eleições presidenciais anunciam hoje a data que sairão dos cargos que ocupam atualmente
. O anúncio da renúncia do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), está marcado para hoje, às 15 horas, quando o pré-candidato apresentará um balanço de seus três anos de gestão. De acordo com reportagem do Estadão, a ministra da Casa Civil Dilma Rousseff deixará o cargo oficialmente hoje durante cerimônia com a participação do presidente Lula. Em seguida um bota-fora em homenagem à ministra acontecerá no auditório do Palácio do Planalto.

2. DEM pode ser excluído de coligação no Rio
O deputado federal e candidato ao governo do Rio de Janeiro Fernando Gabeira (PV-RJ) reabriu ontem o debate sobre a composição do bloco partidário que dará suporte à sua candidatura. A discussão é pela exclusão ou não do DEM na coligaçãoque reúne PPS e PSDB. De acordo com o Blog do Josias, o motivo da possível exclusão seria a indisposição de integrantes do PV e do PSDB com o ex-prefeito do Rio e candidato do DEM ao Senado César Maia.

Mundo
3. Rússia sofre novo ataque terrorista

Apenas dois dias depois de duas mulheres-bomba matarem ao menos 39 pessoas no metrô de Moscou, a Rússia sofreu hoje um novo ataque terrorista. De acordo com reportagem do jornal americano New York Times, o novo atentado matou ao menos 12 pessoas e deixou vários feridos na cidade de Kizlyar, no Daguestão, parte do norte do Cáucaso. O ataque, atribuído a grupos locais em resposta a morte recente de um insurgente pela polícia, foi feito por um homem bomba vestido com uniforme policial.

4. Refém mais antigo é libertado pelas Farc
Por 12 anos e três meses Pablo Moncavo esteve em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Considerado o refém mais antigo da guerrilha, o sargento foi solto ontem com a ajuda de soldados brasileiros. Segundo a reportagem da Folha (para assinantes), Moncayo, que foi capturado aos 19 anos durante ataque a uma base militar, foi recolhido na selva ao sul da Colômbia por uma missão humanitária.

5. Obama quer paralisação das obras em Jerusalém
O presidente dos Estados Unidos Barack Obama sugeriu ontem ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que paralise por quatro meses as construções em Jerusalém Oriental. De acordo com o jornal Ha’aretz, o objetivo é pressionar os palestinos para que iniciem conversas de paz diretas. Em contrapartida Obama prometeu pressionar o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, que por enquanto só aceitou manter conversas indiretas com a mediação americana, a aceitar iniciar um diálogo direto.

Sociedade
6. Brasil tem a cada dia um massacre do Carandiru

Estudo desenvolvido pelo cientista político Júlio Jacobo mostra que todos os dias 117 são mortas no Brasil. “Isso é mais que um Carandiru por dia”, diz. O pesquisador se refere à rebelião da Casa de Detenção do Carandiru, ocorrida em 1992 e que resultou em 111 mortes. O estudo, que avalia a trajetória dos índices de homicídio no Brasil entre 1997 e 2007, aponta que as taxas de assassinato ficaram praticamente inalteradas. De acordo com reportagem do Estadão, em 1997, foram registradas 25,4 mortes para cada 100 mil habitantes. Em 2007, os números passaram para 25,2 por 100 mil habitantes.

7. Governo aponta abuso em prescrição de emagrecedor
Estudo divulgado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aponta um possível desvio de prescrição em relação às drogas emagrecedoras. De acordo com a Folha, entre os recordistas em prescrever as drogas está um especialista em medicina do tráfego, médico que realiza estudos relacionados à prevenção de acidentes no trânsito. Para a agência, embora não seja proibido, não é coerente que um médico prescreva tanto um medicamento que não está diretamente relacionado ao seu campo de atuação. A Anvisa encaminhará os dados ao Conselho Federal de Medicina.

8. Brasil é recordista em pensão por morte
Levantamento feito pelo jornal Valor Econômico mostra que o Brasil gastou R$ 101,605 bilhões com pensões por morte no ano passado, o equivalente a 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB) . Segundo a reportagem, o valor corresponde a 25% da despesa da Previdência Social. O montante é também 3,5 vezes superior à média de gasto dos países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) e a 4,5 vezes à das economias da América Latina. O motivo para o gasto elevado seria a legislação generosas de acesso ao benefício.

Economia
9. Tarifa bancária sobe até 33 vezes acima da inflação

Levantamento do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) mostra que as tarifas avulsas de serviços bancários subiram até 328% entre abril de 2008 e fevereiro deste ano, o equivalente a 33 vezes a inflação do período. De acordo com a economista Ione Amorim, responsável pelo estudo, as variações são explicadas pelo realinhamento das tarifas com a média do setor. “Isso mostra que os bancos não trabalham pela menor tarifa, mas para estar junto dos outros, o que demonstra pouca concorrência.”, disse à reportagem do Estadão.

10. Taxa de desemprego bate recorde na zona do euro
A agência européia de estatísticas (Eurostat) divulgou ontem os índices de desemprego na zona do euro, que atingiu 10% em fevereiro, batendo o recorde desde a criação da moeda única em 1999. De acordo com reportagem da Folha, 61 mil pessoas perderam o emprego no mês passado, elevando o total a 15,7 milhões de desempregados. Entre os países mais afetados está a Espanha, com taxa de 19%.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início