quarta-feira, 28 de abril de 2010

Agrofloresta: Um novo jeito de produzir sem veneno e sem fogo!!!

Agrofloresta: Um novo jeito de produzir sem veneno e sem fogo!!!
Por Abilio Vinicius Pereira e Maíra Ribeiro


Neste ano de 2009, ANSA está promovendo a recuperação de cerca de 11 hectares de mata ciliar divididos em pequenas áreas de agricultores familiares assentados. Os plantios casam árvores nativas, principalmente frutíferas, com adubos verdes e cultivos anuais, como mandioca, milho e abóbora, por isso o nome regional de casadão. Esta iniciativa surgiu do trabalho realizado pela fábrica de polpas Araguaia, que recebe frutas da agricultura familiar regional, gerando renda. Desta forma, o agricultor recupera áreas de preservação degradadas, produzindo alimentos para sua família e gerando renda de forma sustentável.
Neste contexto, de 15 a 19 de novembro, a ANSA realizou uma série de oficinas de roça sem fogo e agrofloresta e uma atividade com as escolas, nos Projetos de Assentamento (P. A.) onde vem desenvolvendo estes trabalhos. As oficinas foram ministradas pelo engenheiro agrônomo Osvaldo de Sousa, técnico do Instituto Socioambiental (ISA), contando com o apoio dos técnicos da ANSA, Maíra Ribeiro e Abilio Vinicius.

A primeira oficina de Roça Sem Fogo (15/11) foi realizada no Setor Zé 300 do P. A. Macife, município de Novo Santo Antônio com participação de mais de 30 pessoas. O trabalho da ANSA ainda é inicial neste assentamento, de forma que foram apresentados o histórico dos plantios de casadão na região, as atividades desenvolvidas pela ANSA, o uso e características das adubações verde e as vantagens ambientais e necessidades legais de reflorestar as beiras de rio e manter uma reserva no lote. A maioria dos presentes tem área de reserva em seus lotes, que por estarem no bioma cerrado, devem ter a reserva legal de 35 %. Depois, foram feitas práticas de plantio consorciado de rama de mandioca e sementes arbóreas, e da muvuca, uma forma de misturar as sementes com terra que facilita o plantio diversificado.

As outras duas oficinas foram realizadas no P. A. Dom Pedro, no município de São Felix do Araguaia. No dia 16, a oficina ocorreu na área coletiva de reflorestamento da Associação do setor Escolinha no lote do Prof. Anatólis. Lá participaram também alunos de 6ª, 7ª e 8ª série que deram força e animação para a oficina-mutirão.

No dia 18, foi a vez do setor Capão Verde, no lote do Tonho do Burro que contou com a presença de agricultores e agricultoras que já tem mais prática e experiência com os plantios de casadão, além do reforço da equipe da ANSA: Raul, Ana Lúcia e Carlos. Na parte prática, fizemos o plantio batizado de ninho, pois é feito um grande “ninho” de troncos e palhada envolta da muda ou semente arbórea e em volta deste ninho aproveita-se para plantar mandioca, abacaxi, maracujá, melão e ainda adubos verdes. Este método aproveita ao máximo a matéria orgânica produzida por capins espontâneos. A oficina contou ainda com vídeo sobre agrofloresta, troca de experiências e explicações sobre a muvuca e outras práticas agroflorestais.

No dia 19 aconteceu a esperada Tarde Cultural Ambiental, organizada em parceria: ANSA e as quatro escolas do assentamento D. Pedro e também a do Distrito de Pontinópolis. Os professores e alunos de ensino fundamental, médio e de EJA apresentaram teatro, dança, desenho, poesia e música dentro de temáticas variadas, desde o lixo e queimadas, passando pela água e conservação ambiental, até produção diversificada e merenda escolar. Além de mostrar os trabalhos, foi um espaço de confraternização entre os diferentes setores do assentamento.

Momentos como estes promovem o acesso a novos conhecimentos fundamentalmente práticas que posteriormente serão adaptados e implementados em seus lotes, revigorando e dinamizando as experiências agroecológicas de contraposição ao modelo de desenvolvimento dominante baseado nas monoculturas e agrotóxicos, e valorizando a vida comunitária e familiar dos assentamentos.

Apresentando as adubações verdes na Oficina de Roça sem Fogo do P. A. Macife

Demonstração do plantio do ninho na oficina do Capão Verde, no P. A. Dom Pedro


Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início