sexta-feira, 2 de abril de 2010

Lula começa a se despedir do poder

Por Cristina Lemos edição de Kassu / Água Boa News

O tom de despedida começou desde o início desta semana a permear os discursos de improviso do presidente Lula, há nove meses de entregar a faixa presidencial que vestiu em janeiro de 2003. A cada novo encontro, Lula lança mensagens de quem já faz balanços de algo prestes a terminar e lança um olhar em perspectiva para o próprio futuro.

Nesta quinta, num grande encontro com professores, Lula se despediu: “esta será a minha última conferência com os educadores e as educadoras deste país no meu mandato. Esta é a última. Portanto, eu queria aproveitar para agradecer e dizer para vocês que o nosso Ministro da Educação é uma dádiva de Deus” – declarou, iniciando os agradecimento a Fernando Haddad.

Em seguida advertiu os que torcem para vê-lo longe do Planalto: “ao terminar o meu mandato, vai quebrar a cara quem pensar que eu vou ser um ex-presidente, porque vocês vão me ver andando por este país, porque a minha luta não era apenas para a gente ganhar a Presidência. A Presidência era um degrau dessa luta. Nós precisamos construir muito mais coisas neste país” – afirmou, num tom mais parecido com o de um candidato à re-eleição.

Falando aos professores – uma categoria particularmente importante para a formação do PT – Lula lançou mão de uma de suas metáforas para ilustrar a idéia de que não é o momento de abandonar as bandeiras que levaram o partido ao poder. Para isso, usou a figura de um nadador que se cansa no meio do trajeto e tenta retornar, sem se dar conta de que a volta é muito mais cansativa. “Nós estamos no meio do rio, e nós não temos o direito de morrer afogado. Nós temos que seguir, porque nós chegamos até aqui por conta de vocês” – afirmou.

A travessia a nado do presidente desta vez inclui Dilma Rousseff. Pode se tornar mais pesada, mas a volta para a margem já não é mais possível.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início