sexta-feira, 30 de julho de 2010

Viagem pantanal do Araguaia

Por Rubens / Biologia - Campinas SP

Uma viagem ao interior do Mato Grosso!
Uma deliciosa viagem ao Parque Estadual Novo Santo Antônio.
Um lugar lindo cortado pelo rio das Morte, um rio cheio de piranhas, peixes, jacarés e histórias.
Foram oito dias, destes quatro dentro de ônibus e nas rodoviárias.

Primeiro dia sai na quinta-feira dia 23 de julho da rodoviária de Campinas com destino a Barra do Garças quando cheguei no dia seguinte. Ao chegar em Barra tomei uma van para Nova Xavantina onde dormi e fiquei o dia de sábado. Domingo muito cedo tomei uma carona até meu destino final.

Nesse trajeto tinha muita poeira, desmatamento e gente humilde e bonita. Almoçamos em Ribeirão Cascalheira e chegamos a Novo Santo Antônio pelas três da tarde. Fomos ao parque lindo. Sem eletricidade a sede fica a menos de 300m do rio onde meus colegas pescaram algumas pinranhas. No dia seguinte finalmente fui coletar e para minha surpresa encontrei nos campos de murundus populações enormes de Tephrosia nitens. coletei muitas e tirei muitas fotos. Terça feira fui pra campo e decidi retornar.

Na mesma tarde voltei para a cidade onde fiquei num hotel simples, mas de janta tinha peixe frito e cozido comi bastante. Bem dormi muito pouco visto que o ônibus partia de lá as quatro da madrugada. Tomei o ônibus ainda escuro. Estrada ruim, muita poeira, mas muita gente simpática. Cheiguei em Ribeirão cascalheira as 9:20 e tive que aguardar até as quatro horas. Tomei dois banhos, no segundo casou-me espanto a maneira como a mãe brigava com o filho, mandando o filho ir tomar no... casou-me tristeza... ignorância. O tempo se arrastou, mas passou e as quatro tomei o onibus para Goiânia quando cheguei as cinco horas. Onde tive que esperar até as oito da manhã. Por fim cheguei a Campinas as 9:30 acabara minha aventura.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início