segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Capital cabo-verdiana sem abastecimento de água há mais de uma semana

Por NCV
Edição: Meider Leister



A capital cabo-verdiana está a braços com a ruptura no fornecimento de água há mais de uma semana, problema que afecta todos os bairros da cidade da Praia.

Percorrendo as ruas da cidade, pode-se observar centenas de cidadãos com garrafões e baldes à procura de água potável.

Muitos praienses já recorrem aos municípios vizinhos - São Domingos e Ribeira Grande de Santiago - para abastecimento através dos garrafões e camiões autotanques.

A ELECTRA, empresa de produção e distribuição de água e energia, informou hoje que o problema deve-se a avaria da bomba de captação da água do mar (para dessalinização).

Entretanto, o director de produção na região sul da ELECTRA, António de Pina, avançou que a reposição da normalidade na distribuição poderá levar entre quatro a cinco dias.

"Conseguimos resolver o problema de produção ontem, mas agora a Electra vai passar a produzir a água para efeito de acumulação nos reservatórios, somente após este processo é que a normalização na distribuição se vai verificar, quer dizer que nos próximos quatro cinco dias poderá haver algum problema na distribuição", afirmou António de Pina.

António de Pina disse ainda que a empresa vai recorrer a um plano de racionalização, com vista a minimizar o impacto da falta de água, tanto nas residências como nos chafarizes.

"O processo de resolução definitiva passa pela acumulação de água nos reservatórios, porque sem isso não há pressão e água não chega a casa das pessoas" explicou.

A capital cabo-verdiana, assim como maioria dos concelhos do país, é abastecida por água dessalinizada, sendo frequentes as interrupções no abastecimento, o que, a par das falhas de electricidade desesperam os habitantes da capital.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início