sábado, 19 de fevereiro de 2011

Mais uma decisão judicial política

 Redção

Mais uma vez o TCU age como oposição e toma uma decisão política ao condenar Heliton Ribeiro Tavares e Dorivan Ferreira Gomes, ex-diretores do Inep, pelo vazamento das provas do Enem, em 2009. Ora, quem deve ser condenada é a empresa, ou empresas responsáveis pelo exame, a gráfica, não os responsáveis no MEC. Há, ainda, o fato de que o contrato do MEC com o consórcio previa que este era o responsável pela seguranças das provas.

Heliton, então Diretor de Avaliação da Educação Básica do INEP, foi condenado a pagar multa de R$ 5 mil. Dorivan, que era Coordenador-Geral de Exames para Certificação do INEP, terá que pagar R$ 3 mil aos cofres públicos. Cabe recurso da decisão.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início