quarta-feira, 4 de maio de 2011

Programas incentivam Agricultura familiar no município de Jaciara



A prefeitura de Jaciara, através da secretária de Desenvolvimento Econômico, está trabalhando programas e incentivos à agricultura familiar no município. Os projetos fazem parte do Plano de Desenvolvimento Rural, cujo um dos objetivos principais é diversificar a produção local, incentivando as famílias do campo.  

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Município, Milton Ferreira Júnior, a área rural do município já possui uma diversificação na produção. Segundo ele, além da cana-de-açúcar, as atividades predominantes estão focadas na pecuária leiteira e de corte, soja, milho, algodão, sorgo, mileto, seringueira, mandioca e produção de horticultura. Milton afirmou que cada projeto tem sua peculiaridade. “Logo faremos o lançamento oficial desses programas”, informou.

 Em uma prévia sobre o que cada um dos programas já executa, o secretário adiantou que o Programa de Gradeação de Áreas Rurais, que visa gradear pequenas áreas rurais, tem sido um sucesso. O projeto Incentivo a Seringueira já beneficiou dezenas de produtores através da distribuição de mudas de seringa geneticamente modificadas e de alta produção. Semelhante ao programa Balde Cheio, que incentiva o produtor a melhorar a genética do rebanho com a inseminação artificial e automaticamente ocasiona uma melhor produtividade do leite. 

A construção de pequenas e micro agroindústrias em áreas rurais tem o objetivo de agregar valor a produção e aumentar a renda do agricultor. Para isso o setor de Desenvolvimento criou o Programa de Incentivo as Pequenas e Micro Indústrias. Todos os procedimentos desse projeto estão de acordo com o Serviço e Inspeção Municipal, onde haverá uma fiscalização de qualidade em produtos de origem animal.  

No Programa Luz Para Todos são elaborados projetos de energia elétrica para agilizar o processo de eletrificação rural, junto a Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A(Eletronorte) e Centrais Elétricas Matogrossenses (Cemat). Esse benefício já faz parte da vida dos moradores do assentamento São Francisco, há 20 quilômetros da cidade. Com a construção de tanques de peixe de água doce, conseqüentemente haverá um aumento significativo da criação através do programa de Incentivo a Piscicultura. Por fim, o programa de Incentivo ao Turismo Rural visa orientar e incluir propriedades rurais em roteiros de turismo rural.( Com assessoria)

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início