sexta-feira, 8 de julho de 2011

Show com Maria Cecília e Rodolfo na 20ª EXPOVALE em Água Boa





2 Comentários:

Anônimo disse...

DENÚNCIA: PASSOU NO CONCURSO PÚBLICO PARA UM CARGO E TOMOUI POSSE EM OUTRO
Envio esta para denunciar e tentar esclarecer uma situação que mostrou-me dúvidas e que me prejudicou e muito como professor.
Ocorre que depois desse fato não tive nenhuma chance de concorrer a uma vaga nos próximos concursos públicos da Secretaria de Estado de Educação do Mato Grosso (SEDUC) para professor de ciências físicas e biológicas no município de Novo São Joaquim que iria acontecer, desde o ano 2001, porque não existiria mais vaga, pois a vaga já estava preenchida.
O fato “um pouco estranho” ocorreu logo após o concurso público da Secretaria de Estado de Educação do Mato Grosso (SEDUC) para professores do ano de 1999.
A professora Tânia Alves Correa, CPF 604.205.531-34, passou no concurso para ministrar aulas da disciplina de Biologia no município de Nova Xavantina-MT, conforme as páginas 2 e 13 do Diário Oficial do Estado de Mato Grosso, publicado em 20 de Janeiro de 2000.
Ocorreu que “misteriosamente” um pouco mais tarde, a mesma professora Tânia Alves Correa tomou posse como professora de Ciências Físicas e Biológicas na Escola Estadual Diniz Alves de Toledo no município de Novo São Joaquim-MT, com a matrícula 614920164.
No ano de 2010, através do Ato Administrativo Nº 793/2010 publicado no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso em 22 de Junho de 2010, a professora Tânia Alves Correa Souza teve elevação de nível, conforme demonstra cópia das páginas nº 11 e 12 do Diário Oficial do Estado de Mato Grosso.
Gostaria de saber se isso é possível.
Passar em um concurso público para uma função em um município e tomar posse em outra função em município diferente.
Os gestores da Escola Estadual Diniz Alves de Toledo na época e responsáveis por essa “transferência” de funções e municípios foram a professora Roseli Namiko Claudino Sato Lopes , matrícula 40732 e CPF 078.956.718-04, que era Diretora da Escola Estadual Diniz Alves de Toledo e a professora Nilza Darc Rosa, matrícula 57551 e CPF 435.840.551-72, que era Assessora Pedagógica do município de Novo São Joaquim-MT.
Sinto-me muito prejudicado porque sempre esperei uma vaga para concorrer a professor de Ciências Físicas e Biológicas no município de Novo São Joaquim-MT nos próximos concursos públicos da Secretaria de Estado de Educação do Mato Grosso (SEDUC) que ocorreram.
Assim como também outras pessoas aqui da cidade de Novo São Joaquim-MT também formadas em Ciências Biológicas e não tivemos nenhuma chance porque não existia mais vaga nos concursos de 2006 e 2009.
Essa vaga que eu e outras pessoas tanto esperávamos na verdade já estava preenchida e não sabíamos.
Espero que seja esclarecida essa situação.
E peço que seja feito justiça.
Aguardamos ansiosamente providências.
(A Escola Estadual Diniz Alves de Toledo é pequena e não tem vaga para Professor de Biologia)

Anônimo disse...

Nossa Professor Jerônimo, vc como "educador" não se preocupa em expor o nome e nº de documentos de suas colegas de profissão dessa forma? e pq não menciona o fato de que essa vaga era sua antes de vc mesmo pedir exoneração do cargo, antes do período probatório, para ir atras de sua "esposa" que tinha se mudado e não o queria mais... ah isso é anti ético?!! a é deve ser inspirei-me em meu antigo professer de biologia

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início