quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Borboletas se alimentam de lágrimas de tartarugas na Amazônia

Fotos: Howyin/TreeHugger
Foto: TreeHugger
Cientistas descobriram que borboletas da Floresta Amazônica estão recorrendo a lágrimas de tartarugas para obter a sua dose necessária de sódio. As informações são do TreeHugger. 

 O cientista Phil Torres afirma que, enquanto as tartarugas conseguem a maioria do sal de que necessitam de suas dietas carnívoras, as borboletas (e a maioria dos herbívoros) têm mais dificuldade em encontrar o importante mineral, especialmente no oeste da Floresta Amazônica onde há pouco sal disponível na natureza de um modo geral. 
Foto: Howyin/TreeHugger
 A solução foi encontrada, em parte, nas extremidades úmidas dos olhos de tartarugas. Torres pretende investigar o comportamento para descobrir se há outros minerais na mistura, além do sódio, que possam estar sendo procurados pelos insetos. 

 “Potencialmente, elas podem estar obtendo outros recursos destes globos oculares que nós não conhecemos”, disse Torres ao Live Science. “Basicamente, nós temos que esfregar os olhos das tartarugas e ver o que encontramos”. 

 Geoff Gallice, aluno de graduação de entomologia do Museu de História Natural da Flórida, em entrevista ao Live Science, disse que as lágrimas das tartarugas não são a única fonte de sal para as borboletas; esses insetos também aproveitam sal de urina animal, margens lamacentas de rios, poças de água e de resíduos de suor de pessoas deixados em objetos como roupas. 

Gallice testemunhou borboletas da Floresta Amazônica reunindo-se a tartarugas para se servir de suas lágrimas. Segundo os cientistas, abelhas também apresentam o mesmo comportamento, o que pode ser visto no vídeo a seguir:

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início