sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Galinhada com pequi

Receita tradicional de Goiás agrada pelo paladar exótico

Por Redação Globo Rural
vida_na_fazenda_receitas_frango_quintal_sertanejo_galinhada (Foto: Divulgação/Fernando Morais)
O pequizeiro é uma árvore nativa do Cerrado e rende uma fruta de polpa carnuda e sabor marcante. “Éumfruto de personalidade forte”, diz a jornalista de gastronomia Larissa Januário. Ela é de Rio Verde e, por lá, a iguaria está presente em muitos preparos, como a tradicional galinhada consumida em datas festivas e no Natal. “O prato é rei em madrugadas festeiras, para rebater a bebedeira e forrar o estômago”, diz Larissa. A galinhada goiana é típica do Estado, mas aqui ganha um toque da jornalista.

Serve 12 pessoas
Cerca de 4h30 de Preparo médio

INGREDIENTES
4 quilos de galinha (coxas, sobrecoxas e peito),
de preferência caipira
1½quilo de miúdos de galinha (moela e coração),
de preferência caipira
1 quilo de arroz branco
3 litros de pequi
500 g de milho verde
Pimenta-de-bode a gosto
2 cabeças de alho
3 cebolas médias
50 g de açafrão-da-terra
Pimenta-do-reino a gosto
Sal a gosto
Cheiro-verde
1 limão

COMO PREPARAR
Coloque o pequi em uma panela à parte, cubra com água, uma pitada de sal e leve ao fogo para cozinhar até amolecer a polpa (30 minutos). Enquanto o pequi cozinha, lave os pedaços de galinha com limão. Tempere (alho, cebola, pimentas, ervas, parte do açafrão) três horas antes de começar a cozinhar. Frite numa caçarola grande até dourar (leva 15 minutos, dependendo do fogão).

Vá colocando água quente aos poucos, para ir braseando a galinha e deixá-la cozinhar e pegar cor. Quando estiver macia, quase soltando do osso, deixe secar toda a água e escorra o excesso de óleo (a pele solta muita gordura, mas é importante usá-la para garantir sabor e textura, depois pode tirar).
Com a panela de frango ainda quente, acrescente arroz e deixe dar uma fritada na rapa do frango. Escorra o caldo do pequi e reserve. Junte as bolinhas de pequi e o milho. Use o caldo do pequi para cozinhar o arroz (20 minutos). Sirva quente, com cheiro-verde picado em cima e acompanhada de vinagrete e tutu de feijão.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início