terça-feira, 15 de setembro de 2009

Tributo a Paulo Freire

Por Coraci Machado
Publicado por Kassu - 15/09/2009 às 12h53


Para ele educar era a partir da realidade
Ele alfabetizou com o método das famílias
Com histórias de verdade
Na construção de Brasília!

Sua experiência como educador
Balançou o país inteiro
Na pequena Angicos
Em 45 dias alfabetizou
300 brasileiros!

Sua pedagogia libertadora
Criticava a opressão
Pois, cada palavra geradora
Era um alerta à conscientização!
Ao ensinar os operários
Falava de liberdade...
À política do governo não agradou
E devido a seus métodos contrários
A Paulo Freire exilou!

Durante o período que esteve exilado
Foi educador internacional
Com seu jeito determinado
Ensinou:
No Chile, Cabo verde, Angola e Guiné-Bissau
E ainda em São Tomé e América Central!

A economia internacional era beneficiada...
...Foi a era dos privilégios internacionais.
O mercado brasileiro ameaçou parar
Provocando os protestos sociais
E a repressão militar!

Paulo Freire nos deixou durante a ditadura militar.
Não respeitaram os direitos humanos
Mas ele voltou para ficar
Depois de catorze anos!

Foram mais fortes os movimentos populares
Que na dor, traziam alegrias
Derrotando os militares
Com as Diretas Já e a Anistia

Devolvendo ao Brasil quem aqui nos deixou de coração partido
Paulo Freire, Caetano, Gilberto Gil...
Que daqui jamais deveriam ter saído!

E quando Roberto Carlos cantou: ”Um dia na areia branca, seus pés irão tocar...”
O Brasil inteiro chorou...
De alegria, ao ver nosso povo voltar...

O Brasil exilava seus talentos
Machucava, maltratava, sem nenhuma consideração
Não valorizava o que estava perdendo.
Será que sentimos somente saudades na ditadura militar?
Não. Perdemos um tempo espetacular
De transformar, aperfeiçoar a alfabetização
Que hoje poderia ser o caminho da educação.

Em 1997, Paulo Freire fez sua última partida
E deixou uma bela herança
Uma lição de vida
A “Pedagogia da Esperança”
Um caminho a ser seguido
Um encontro com a “Pedagogia do Oprimido”

Agora Paulo Freire já não é uma ameaçada a segurança nacional
Mas também não está mais conosco
Todavia, vamos fazer o seu sonho ser real
Realizando a última vontade desse moço
Fazendo valer a Constituição Cidadã
Educando para a vida
“Im memorian”
Preparando o cidadão de amanhã
Pra fazer valer a sua, a nossa história !



Coraci Machado Araújo – nov. de 2000


2 Comentários:

Divina disse...

Nossa!
Isso que é ser poetisa!!!

AGUA BOA NEWS disse...

Divina obrigado pelo comentário

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início