sexta-feira, 23 de abril de 2010

Em reportagem, 'The Economist' chama Marina de "outro Silva"

A senadora Marina Silva falou a empresários na Federasul, em Porto  Alegre Foto: Nabor Goulart/Divulgação

Marina Silva é destaque em reportagem da britânica 'The Economist'
Foto: Nabor Goulart/Divulgação

Rosane Soares Santana

Em reportagem intitulada "Another Silva" ("Outro Silva", em português), a mais recente edição da prestigiosa revista britânica The Economist destaca a trajetória de vida da pré-candidata do Partido Verde (PV) ao Planalto, como "uma celebridade ambientalista que disputa a presidência". No texto em que compara a biografia de Marina à do presidente Luis Inácio Lula da Silva, pela origem humilde, a publicação diz que Marina é uma candidata que parecer ter "princípios demais" para enfrentar uma luta dura numa democracia gigante.

Segundo a reportagem, o que Marina perde por estar filiada a um partido pequeno, como o PV, ela tenta ganhar com sua força ética, correndo por fora na disputa. A revista cita recentes pesquisas que colocam Marina na casa dos 10% das intenções de voto, para concluir que a luta da candidata não será fácil. Mas que isso não é ruim, uma vez que muitos brasileiros, como eleitores de outros lugares, não contam, entre suas prioridades, salvar o planeta.

A revista lembra a trajetória de Marina, desde a infância pobre no Acre, o pai seringueiro,a família numerosa de 11 irmãos, com oito sobreviventes, as doenças enfrentadas na floresta - malária hepatite e outras -, que legaram a ela problemas de saúde na fase adulta, como alergias a coisas que vão de frutos do mar a ar condicionado. "Foi um perigoso lugar para crescer", afirmou Marina à revista, que acrescenta ainda no trecho sobre a biografia da ambientalista, o fato de ela ter trabalhado como empregada doméstica para poder estudar na Universidade Federal do Acre.

The Economist destaca a luta de Marina ao lado de Chico Mendes, assassinado em 1988, além de ressaltar que ela foi membro fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), junto ao presidente Lula, que a fez ministra do Meio Ambiente quando assumiu o governo, em 2003.

A reportagem avalia que, no governo, Marina estava sendo desgastada por medidas as quais ela foi contrária, como a liberação do plantio da soja geneticamente modificada, a pavimentação da BR-163, através da Amazônia, e a discussão sobre energia nuclear.

De acordo com a revista, em 2008, Marina resignou-se depois de ver transferido para outro ministério (Assuntos Estratégicos), a responsabilidade pela reforma da lei sobre ocupação da terra na Amazônia, quando ela criticou o presidente Lula publicamente.

O texto diz que o principal tema da campanha de Marina é que o Brasil tem a responsabilidade moral de tornar-se um país de alta tecnologia com uma economia de baixo carbono, servindo de exemplo para outros países desenvolvidos. Frisa também que em uma crítica tácita à devoção de Lula pelo estado gigante e por Fidel Castro, Marina diz que o Brasil deve baixar a carga de impostos e não afagar tiranos.

A revista especula sobre a possibilidade de o dono da Natura, Guilherme Leal, aceitar a candidatura a vice na chapa de Marina. Diz que ela (Marina) tem ainda bastante chão para percorrer. E conclui citando declaração da candidata verde: "meu avô disse-me que o animal com as pernas mais curtas tem de correr as maiores distâncias".

2 Comentários:

Anônimo disse...

Bom amigos da redação.. voçes estão esqueçendo dos Principios do jonal de voçes.. q e de falar de Água boa e regiao... Olha essa semana voçes falam foi pouco da nossa região..parece q estao centralizados la fora... o jornail interativo o site deles me dsculpe ta falando bem mais daqui que voçes!! TOço pelo site de voçes e espero q melhoren isso.. ate no seu blog voçe nao esta falando muinto de nossa regiaõ!

Kassu disse...

Nós aqui redação esta semana está focada nos serviços de adequação das matérias no link (Água Boa)e na edição dos Bastidores dos eventos do fim da semana passada.

Peço para dar um a olhada no link Água Boa do Portal lá estão reunidas mais de 600 matérias que estavam esparramadas nas outras seções. Ex. mesmo que o assunto é educação, ou outras, sendo de Água Boa já estão nesse novo link.

O nosso site teve um a "pane prposital" estamos trabalho dia e noite para restaurar mais de 6.000 matérias.

Ex. a seção evento - fotos - ainda não estãoa disposição.

Esparamos a compreenção de todos.

Em breve estaremos com muitas reportagens de Água Boa e região.

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início