sábado, 1 de maio de 2010

“PRODUTOS DE ÉPOCA – ECONOMIA CERTA!”

*Por Welinton Santos - publicado por Kassu

Comprar produtos de época é economia certa, além de fazer bem a sua saúde financeira pode ajudar em sua saúde física.

No mês de maio, as frutas do mês são: banana maçã, atemoia, abacate, caqui, jaca, kiwi nacional, maça nacional, maça gala, pêra estrangeira, quincam, tangerina poncam e uva estrangeira.

Os legumes do mês de maio são: abóbora, abóbora japonesa, abóbora seca, abobrinha brasileira, batata doce amarela e rosada, berinjela, beterraba, cenoura, cará, pimenta vermelha, mandioca, mandioquinha, inhame, feijão corado e chuchu.

Já as verduras é o tempo de almeirão, alho porró, erva-doce, louro, moiashi, rabanete e nabo. Outros produtos diversos: alho estrangeiro, cebola estrangeira, milho estrangeiro, ovos brancos, ovos vermelhos e pinhão. Uma curiosidade você sabe que existe até pizza de pinhão em Santo Antonio do Pinhal no Estado de São Paulo, vale a pena experimentar ou buscar a receita na internet.

No mês de maio as flores da época são: angélica, branquinha, violeta, samambaia, gladíolo, gipysofila, girassol, gérbera, crisântemo e cravo comum.

No caso dos pescados a oferta maior é de: abrotea, berbigão, barbado, traíra, tambica, tainha, polvo, olho de cão, parati, lambari, mandi, linguado, carapau, camorim, conglio e garoupa.

Lembrar sempre que as feiras livres e mercados municipais são lugares ótimos para economizar, mas são necessários alguns cuidados: faça o cardápio da semana ou quinzena, pesquise preço em todas as bancas, pechinche, compre produtos em bancas diferentes e ater-se a qualidade dos produtos. Uma dica importante faça compras na feira no período final em que os preços podem ficar mais baratos que o varejão, mercado ou supermercado.

As feiras livres e mercados municipais do Brasil precisam se modernizar, uma dica importante que deve ser dada aos feirantes e comerciantes de mercados é a instalação de máquinas de cartão de crédito e débito, pois, cada vez menos a sociedade está usando dinheiro em espécie, existem pessoas que já fazem 90% de suas compras com cartões, portanto, facilitar a vida do cliente é uma comodidade e auxilia a manter a sobrevivência do negócio. Na cidade de São Paulo já é possível pagar até pastel com cartão de débito ou crédito, em alguns casos alguns feirantes unem-se para ratear a despesa de um aparelho para o crédito do grupo, também pode ser uma alternativa para viabilizar a utilização deste recurso que impulsiona vendas.

Algumas feiras livres e mercados municipais estão implantando projetos artísticos, acrescentando artesanato regional e transformando estes espaços em locais de turismo, o que é muito salutar, desenvolve a economia local, auxilia na criação de renda e emprego, aumenta a circulação de pessoas e o ambiente fica mais agradável a todos.

Estas são algumas dicas para o mês de maio, boas compras!

* Welinton dos Santos é economista e psicopedagogo

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início