quinta-feira, 22 de julho de 2010

Polícia Rodoviária Federal – 82 anos salvando vidas

Nesta semana a Polícia Rodoviária Federal celebra 82 anos de História e comemora o dia do Policial Rodoviário Federal

Por Nucom/PRF/MT com redação ABNews

No dia 24 de julho, a Polícia Rodoviária Federal – PRF – celebra o seu 82º aniversário. Todos esses anos foram dedicados a servir a sociedade brasileira, salvando vidas e combatendo a criminalidade nas rodovias federais do país. Esta semana, no dia 23 de julho, também é comemorado o dia do Policial Rodoviário Federal.

Em Mato Grosso, desde 2004 a 2ª Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal comemora a semana da PRF realizando a Etapa Estadual do FETRAN, Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito, cuja missão é educar crianças e adolescentes para a construção de um trânsito mais seguro e, consequentemente, reduzir a quantidade de acidentes, feridos e mortes nas rodovias federais.

A solenidade de encerramento da 7ª Edição do FETRAN e de comemoração da Semana PRF será realizada às 16h desta sexta-feira (23), no auditório da Escola Estadual Liceu Cuiabano, localizada na Praça General Mallet – Cuiabá – MT.


A POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

A Polícia Rodoviária Federal foi criada pelo presidente Washington Luiz no dia 24 de julho de 1928 (dia da Polícia Rodoviária Federal), com a denominação inicial de "Polícia de Estradas". Em 1935 Antônio Felix Filho, o "Turquinho", considerado o 1º Patrulheiro Rodoviário Federal, foi chamado para organizar a vigilância das rodovias Rio-Petropólis, Rio-São Paulo e União Indústria.

Sua missão era percorrer e fiscalizar as três rodovias utilizando duas motocicletas Harley Davidson. Nessa empreitada contava com a ajuda de cerca de 450 “vigias” da então Comissão de Estradas de Rodagem (CER).

Em 23 de julho de 1935 (dia do Policial Rodoviário Federal), foi criado o primeiro quadro de policiais da hoje Polícia Rodoviária Federal, denominados, a época, "Inspetores de Tráfego". No ano de 1945, já com a denominação de Polícia Rodoviária Federal, a corporação foi vinculada ao extinto Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER).

Finalmente, em 1988, com o advento da Constituição Federal, a Polícia Rodoviária Federal foi integrada ao Sistema Nacional de Segurança Pública, recebendo como missão exercer a fiscalização e o policiamento ostensivo das rodovias federais. Desde 1991, a Polícia Rodoviária Federal integra a estrutura organizacional do Ministério da Justiça, como Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

MISSÃO

Fiscalizar diariamente mais de 61 mil quilômetros de rodovias e estradas federais, zelando pela vida daqueles que utilizam a malha viária federal para exercer o direito constitucional da livre locomoção.

COMPETÊNCIAS

As atribuições da Polícia Rodoviária Federal são definidas, principalmente, pela Constituição Federal de 1988, o Código de Trânsito Brasileiro (Polícia de Trânsito) e pelo Decreto 1.655/95 (combate ao crime).

TRÂNSITO

A base da atuação da Polícia Rodoviária Federal é o trânsito, onde tudo começa. Ao longo dos 61 mil quilômetros de malha federal, a PRF fiscaliza o cumprimento do CTB, previne e reprime os abusos, como excesso de velocidade e embriaguez ao volante, e presta atendimento às vítimas de acidentes.

COMBATE À CRIMINALIDADE

A PRF também colabora com a segurança pública, prevenindo e reprimindo o tráfico de armas e de drogas, assalto a ônibus e roubo de cargas, furto e roubo de veículos, tráfico de seres humanos, exploração sexual de menores, trabalho escravo, contrabando, descaminho e pirataria e crimes conta o meio ambiente.

ESTRUTURA

A Polícia Rodoviária Federal está presente em todo o território nacional, estruturada em 21 Superintendências Regionais, 05 Distritos Regionais, 150 Delegacias e 400 Postos de Fiscalização. Em Mato Grosso há 08 Delegacias e 17 Postos de Fiscalização

Para cumprir sua missão institucional, a Polícia Rodoviária Federal conta com uma grande frota de viaturas, distribuídas entre veículos de policiamento e resgate, e de aeronaves, também configuradas para as ações de fiscalização e remoção de vítimas de acidentes.

DIREÇÃO-GERAL

O Diretor-Geral da Polícia Rodoviária Federal é o Inspetor Hélio Cardoso Derenne, policial de carreira com mais de 37 anos de serviços prestados à corporação, sete deles como Diretor-Geral. Natural do Estado de Santa Catarina, o Inspetor Hélio Derenne é bacharel em Estudos Sociais. Antes de assumir a Direção-Geral, foi superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Estado do Paraná.

2ª SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL – MATO GROSSO

O Superintendente da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso é o Inspetor Clarindo Ferreira da Silva. Ele é natural de Rosário Oeste (MT); exerce o cargo de Policial Rodoviário Federal desde 1987. O Inspetor C. Ferreira é graduado em Educação para o Trânsito e pós-graduado em Gestão Pública. Antes de assumir a 2ª Superintendência em 2004, foi Chefe de Delegacia, Chefe do Núcleo de Acidentes e Medicina Rodoviária e Chefe da Seção de Recursos Humanos.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início