sexta-feira, 23 de julho de 2010

Santo Antônio de Leverger é o 3º a realizar as eleições

A Gazeta

Santo Antônio do Leverger será o terceiro município a realizar eleição suplementar em Mato Grosso desde os pleitos municipais de 2008. Os primeiros foram ainda em maio de 2009 Araguainha e Novo Horizonte do Norte (distantes 471 e 663 km de Cuiabá, respectivamente).

Desde a eleição de 2008, em quatro cidades o segundo colocado nas eleições assumiu a prefeitura. Em Cáceres, Diamantino, General Carneiro e São Pedro da Cipa quem ficou em segundo lugar tomou posse.

Em Ribeirão Cascalheira a situação é mais crítica, já que o presidente da Câmara de Vereadores assumiu o cargo de prefeito. O prefeito de Ribeirão Cascalheira, Francisco de Assis dos Santos, Diá (PT) responde a três processos que se encontram em grau de recurso por compra de votos, o que levou à cassação de mandato e posse provisória do presidente da Câmara, Daniel Correia Beraldo.

Ao todo, 20 prefeitos eleitos foram cassados em Mato Grosso: Wilson de Lima (São Pedro da Cipa), Adair José Alves Moreira (Alto Paraguai), Aurelino Pereira de Brito (Novo Mundo), Júlio César Ladeia (Tangará da Serra), Vilmar Giachini (Cláudia), Alcir Paulino (Juara), Vilson Pires (Paranatinga), Osmari Azevedo (Araguainha), Agenor Evangelista (Novo Horizonte do Norte), Juarez Costa (Sinop), Ricardo Henry (Cáceres), Erival Capistrano (Diamantino), Francisco de Assis (Ribeirão Cascalheira), Faustino Dias Neto (Santo Antônio do Leverger), Marcelo Ribeiro (Barão de Melgaço), Juracy Rezende (General Carneiro), Francisco Soares (Nova Olímpia), Ronan Figueiredo (Poxoréu), Clóvis Martins (PTB) e Walter Faria (Canarana).

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início