sábado, 7 de agosto de 2010

Suposto estudante de veterinária boliviano exibe na internet fotos de animais caçados

Por Raquel Soldera / ANDA / publicado por Kassu em 07/08 às 11h30

Osvaldo Córdova Roca, um suposto estudante boliviano de medicina veterinária da Universidade Nacional de Asunción, no Paraguai, exibiu fotos de animais mortos em seu perfil no site de relacionamento social Facebook. Os animais foram supostamente mortos por ele.

A organização Fundo Mundial para a Natureza (WWF, em inglês) apresentou uma queixa formal contra ele na Secretaria do Meio Ambiente.

Osvaldo Córdova Roca exibe fotos de animais mortos em seu perfil na internet (Foto: ABC Digital)

Segundo informações publicadas no jornal paraguaio ABC digital, na página de Córdova Roca havia um álbum intitulado “em busca do tigre”, onde se podia ver fotos de um tigre, alguns pássaros e um tatu mortos.

Na legenda da imagem do tigre morto, que parecia ter sido baleado, Roca escreveu: “Tiro de espingarda de munição pesada”.

Foto do animal morto foi publicada na internet (Foto: ABC Digital)

Carmen Vitale, diretora da organização WWF, com sede na Espanha, confirmou que formalizaram uma queixa ao Ministério do Meio Ambiente para que as medidas adequadas sejam tomadas. “Quanto mais as pessoas denunciarem, é melhor”, disse ela.

Após a denúncia, Osvaldo Córdova Roca excluiu sua conta tanto na página do Facebook quanto do Orkut.

Estudante exibe aves mortas (Foto: ABC Digital)

O ex-ministro da Secretaria do Meio Ambiente e atual fiscal do meio ambiente, José Luis Casaccia, ordenou a prisão do estudante de veterinária.

Uma delegação do Ministério Público irá para a Faculdade de Medicina de Veterinária da Universidade Nacional de Asunción para obter mais dados do paradeiro do “veterinário caçador”, que será julgado.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início