terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Deputado quer assegurar marco regulatório para APAs na Amazônia

Fonte: Agência Câmara via ISA

O deputado Cláudio Puty (PT-PA) inicia seu primeiro mandato na Câmara preocupado em estabelecer um marco para o manejo comunitário e a regulação fundiária em áreas de proteção ambiental (APAs) na Amazônia. Segundo ele, muitas pessoas que moram em áreas protegidas estão na criminalidade, vendendo madeira ilegalmente, por não terem alternativas produtivas.

Puty critica o substitutivo do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) ao novo Código Florestal (PL 1876/99), que foi aprovado em comissão especial e está pronto para ser votado no plenário. “Não é só liberar as atividades (de produção na Amazônia) que vai resolver os impasses”, afirmou. Para ele, a legislação ambiental brasileira é uma das mais avançadas e muitos problemas poderiam ser resolvidos com a lei atual.

O parlamentar defende ainda a discussão da reforma tributária, para corrigir a distorção no atual sistema, no qual os ricos pagam menos proporcionalmente à renda. Puty acredita que a saída para a votação da reforma é fazê-la por blocos e não de forma conjunta. “Imposto de renda é uma coisa, desoneração de folha de trabalho é outra. Temos de ser menos ambiciosos e mais eficazes”, disse.

Perfil
Nascido em Belém, o economista Cláudio Puty, 40 anos, tem doutorado em Economia Política pela New School for Social Research, Nova Iorque. Iniciou a militância política no movimento estudantil secundarista e hoje é professor licenciado da Universidade Federal do Pará.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início