quarta-feira, 4 de maio de 2011

Grupo São João negocia a venda de 49% de duas usinas em Goiás

Três grupos estão no páreo para levar as unidades, uma delas já em operação.

O grupo USJ (Usina São João) está negociando a venda de 49% de suas duas usinas (uma delas em construção) em Goiás. Segundo apurou o Valor, três grupos disputam o ativo até o momento. Como já era esperado, entre eles está a Nova Fronteira Bioenergia, que tem como sócios o grupo São Martinho e a Petrobras Biocombustíveis.

Além de ter sócios em comum - da família Ometto - as usinas do grupo USJ e da Nova Fronteira estão localizadas na mesma região em Goiás, com grande sinergia. Segundo fontes do setor, também disputam o ativo a americana Cargill e a Raízen, empresa resultante da fusão da Cosan com a Shell.
Os ativos, segundo as mesmas fontes, estão sendo negociados a um valor próximo de US$ 130 por tonelada de capacidade instalada.

As duas unidades do grupo USJ - uma delas em construção - terão condição de processar 7,5 milhões de toneladas de cana por ano. Por enquanto, apenas a usina São Francisco, de Quirinópolis, opera com moagem próxima de 5 milhões de toneladas por ano. Produz açúcar, etanol e energia elétrica com bagaço de cana.

A outra usina, a Cachoeira Dourada, localizada em município de mesmo nome e que está em construção, foi projetada para moer inicialmente 2,5 milhões de toneladas de cana por safra e para fabricar etanol e eletricidade.

Procurada, o grupo USJ informou, por meio de seu diretor de assuntos corporativos, Igor Montenegro, que desconhece qualquer informação a esse respeito.

Cargill e Cosan foram procuradas, mas não se pronunciaram sobre o assunto. O grupo São Martinho informou por meio de nota que não comenta especulações de nenhuma natureza e que qualquer anúncio é feito ao mercado.

Há tempos circulam no mercado especulações sobre uma possível união entre a São Martinho e o grupo USJ, que além de sinergias operacionais, têm sócios em comum. Quando a Petrobras se associou à São Martinho na Nova Fronteira as especulações aumentaram. Mas, segundo fontes, somente agora as negociações foram, de fato, abertas.

As outras pretendentes estão no páreo, mas a sinergia é maior com a Nova Fronteira. A usina da Raízen mais próxima das unidades da USJ está em Jataí (GO), distante cerca de 400 quilômetros. A americana Cargill só tem uma usina de açúcar e etanol em Minas Gerais - a Cevasa.

Antes de fazer os investimentos em Goiás, o grupo USJ, tradicional no setor, tinha apenas uma usina, em São Paulo, com capacidade inicial para moer cerca de 3,7 milhões de toneladas de cana por safra.

Quando a crise mundial ficou aguda, em 2008 a empresa estava no auge dos investimentos nas duas usinas goianas. Uma delas foi concluída, mas a outra - a Cachoeira Dourada - teve redução no ritmo das obras até ser paralisada. Em entrevista concedida ano passado ao Valor, o presidente do Grupo USJ, Hermínio Ometto Neto, afirmou que os principais equipamentos da usina já estavam instalados e que representavam 60% de todo o projeto.

A crise de 2008 elevou o endividamento do grupo. Na safra 2008/09, a dívida líquida estava em R$ 1,27 bilhão. Ao fim da temporada 2009/10, o endividamento ficou em R$ 1,1 bilhão, e equivalia a sete vezes a geração de caixa da empresa (Valor, 4/5/11)

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início