sábado, 24 de setembro de 2011

A origem exata do rio Amazonas

Ramiro Escobar / Eco Amazonia



Mais de 15 anos depois da expedição chamada Amazon Source (1996), um grupo de cientistas peruanos, poloneses e italianos confirmou na quinta-feira (15) que a origem precisa do rio Amazonas fica em um bofedal (zona úmida na região alto andina), aos pés do nevado Quehuisha no Peru, a 5.174 metros de altura sobre o nível do mar. O lugar está localizado na província de Cailloma, região de Arequipa, no sul andino do país.

De acordo com Jacek Palkiewicz, explorador polonês e organizador da expedição, está claro que o Amazonas é o rio mais longo e “mais potente do mundo”, além de ser o mais caudaloso. Medido desde o bofedal, que vai até o desfiladeiro de Apacheta e para vários rios tributários (Apurímac, Ene, Tambo, Ucayali), tem cerca de 7.040 quilômetros. O Nilo, que se acreditava o mais longo, tem aproximadamente 6.671 quilômetros desde Uganda.

A Sociedade Geográfica de Lima também reconheceu o descobrimento e no ano 2009 o livro ‘Geo Amazonía’ da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica, já afirmava que “o Amazonas inicia seu curso no desfiladeiro de Apacheta”. Como indica o geógrafo Zaniel Novoa, um dos expedicionários peruanos de antes e de agora, “isso aparecerá nos novos livros de geografia”, já que finalmente acharam a nascente do rio que, por sua vez, alimenta o maior ecossistema tropical do planeta.

Teorias do passado


Segundo Novoa, com isto também é descartada a teoria lançada em 1971 pela revista National Geographic. “O que eles fizeram foi um trabalho de gabinete, não um trabalho científico”, diz. Ele conta que a famosa publicação processou fotos aéreas do vizinho nevado Mismi e mandou para o lugar ao fotógrafo Loren McIntyre. Ele faz várias fotos, batizou uma pequena lagoa com seu nome (lagoa McIntyre) e informou que o Amazonas nascia nesse corpo d’água e descia pelo desfiladeiro denominado Carhuasanta. A prova de que não é assim, segundo Novoa, foi dada por uma imagem de satélite que mostra que da lagoa McIntyre não sai nenhum curso d’água, enquanto que desde o bofedal onde começa o desfiladeiro de Apacheta sim.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início