quinta-feira, 27 de março de 2014

Implante que leva ao orgasmo deve ser testado em mulheres ainda este ano

Fonte: New Scientist

Um aparelho que leva ao orgasmo com o simples apertar de um botão acaba de ser patenteado nos EUA e deve ser testado em mulheres ainda este ano. A novidade pode ajudar mulheres que sofrem de anorgasmia, ou seja, a incapacidade de atingir o orgasmo.
Apesar do potencial, a novidade não se parece, nem de longe, com um Viagra feminino. Trata-se de um procedimento invasivo: uma caixa um pouco menor que um maço de cigarro implantada sob a pele em uma das nádegas da paciente. O "gerador de prazer" é, então, acionado por um controle remoto externo, que ativa certos nervos da medula espinhal que permitem o orgasmo.
A paciente deve permanecer consciente durante a operação, para ajudar o cirurgião a posicionar melhor os eletrodos, explica o cirurgião Stuart Meloy, da Carolina do Norte, em entrevista à revista "New Scientist". Ele acrescenta que o procedimento é tão invasivo como um marca-passo, por isso será indicado apenas para casos extremos.
Será que as mulheres vão topar passar por uma cirurgia como essa para ter orgasmos com facilidade? Para Jim Pfaus, que estuda a neurobiologia do comportamento sexual na Universidade Concordia, em Montreal, no Canadá, não há dúvida que sim. "Se garotas de 15 anos fazem operações para aumentar os seios mesmo sem necessidade, claro que vão [querer usar o implante para ter orgasmos]", comenta.
Estima-se que 10% das mulheres nunca chegaram ao orgasmo. E de 30 a 50% se declaram insatisfeitas com sua capacidade de chegar ao clímax. O problema, bem mais comum no sexo feminino, costuma ser tratado com terapia, e ainda não existe nenhum medicamento com essa finalidade.
Meloy afirma que ainda é preciso testar o dispositivo em homens, mas ele diz que não há razão para que não funcione da mesma maneira.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início