segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Casal de chimpanzés israelenses recebe abrigo em santuário de projeto ambiental no Paraná

Danielle Jordan / AmbienteBrasil
Publicado por Meider Leister


Um casal de chimpanzés chegou no início desta noite ao Santuário do Paraná do Projeto GAP, na cidade de São José dos Pinhais. Os animais viviam em situação precária em um zoológico particular de Israel.

Em São Paulo, no Aeroporto de Cumbica, foram cumpridos os trâmites para permanência no país. O processo para a regularização levou cerca de dois anos, desde os primeiros contatos de uma fundação israelense que trabalha com primatas. A viagem foi viabilizada após várias conversas e negociação, de acordo com informações do projeto GAP.

O local do abrigo foi escolhido pelo fato da área já ser aprovada pelas autoridades para abrigar chimpanzés durante 30 dias antes da transferência para os recintos definitivos, exigência do Ministério da Agricultura para a importação destes animais.

“Quando recebemos um contato desse tipo pedindo ajuda e conseguimos viabilizar, abrigamos os chimpanzés”, explica Pedro A. Ynterian, Presidente do Projeto GAP Internacional. “Os santuários afiliados ao GAP têm esta função também e tanto o projeto como as autoridades brasileiras entendem que o país pode oferecer esta colaboração internacional”, finaliza.

O projeto GAP abriga também outros primatas vindos de países como Portugal, Bolívia, Holanda e Bélgica.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início