segunda-feira, 3 de maio de 2010

Expedição Off-road Amigos da Amazônia

Quarto dia(29/12)

Todos dormindo e às 03:00hs da manhã começa um pé d’água que durou umas duas horas. Acordamos e pensamos, “o dia promete!”. Saímos às 05:00hs e ficamos sabendo que o ônibus que seguiríamos já havia saído. Começamos, então, uma caçada ao nosso passaporte para a balsa do rio Xingu que é administrado pelos índios Caiapós. Muita lama e chuva, mas alcançamos o ônibus e passamos pela balsa pagando R$ 50,00 por veículo, sem direito a reclamar.

Após a perseguição, seguimos com mais tranqüilidade numa estrada muito ruim e sempre com chuva, muita chuva. Como não poderia passar batido, começaram os imprevistos. O cabo da embreagem da Camper quebrou no meio da chuva e o Eldo, que por “sorte” tinha cabo sobressalente, providenciou a troca. Mais à frente o Bené avisa no rádio que ficara sem freio. Parada numa venda de beira de estrada e problema resolvido. Ao sair o Eldo avisa no rádio, “agora sou eu quem ficou sem freio!”. Parada no meio da estrada e problema resolvido. Ao sair, o Bené avisa no rádio, “fiquei sem freio de novo!”. Parada numa grama fora da estrada e problema resolvido. Só faltou uma prece para que parassem as quebras nos freios. :-D

Foi um dia bem jipeiro, onde enfrentamos 292km de muita lama, chuva, buracos e quebras, além de muita diversão e companheirismo.

Seguimos até Matupá-MT e como de costume, cada um foi revisar sua viatura e depois apreciar uma boa refeição para enfrentar o próximo obstáculo.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início