quinta-feira, 22 de julho de 2010

As principais notícias do dia 22 de julho

Por Ana Galli

Política
1. Para Dilma, trabalho compensará o carisma de Lula

Em entrevista à TV Brasil na noite de ontem, a candidata do PT à presidência Dilma Rouseff que seu trabalho compensará o carisma do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo reportagem da Folha, a petista disse ainda que pretende fazer um governo de coalizão e negou que o governo Lula tenha sido refém das alianças no Congresso.

2. Um quinto do eleitorado nunca foi à escola
Levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo (para assinantes) com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que 20% do eleitorado brasileiro nunca frequentou a escola. Segundo a reportagem, ao todo são 27 milhões de eleitores nessa situação, dos quais 8 milhões são analfabetos e 19 milhões declararam saber ler e escrever, mas nunca estiveram numa sala de aula.

3. Receita afasta servidora suspeita de quebrar sigilo fiscal de tucano
Suspeita de ter quebrado o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira, a analista tributária Antonia Aparecida Rodrigues está sob investigação da corregedoria da Receita Federal. Segundo reportagem do Estadão, a sindicância revelou que o acesso da servidora aos dados de Eduardo Jorge foi “imotivado” – isto é, está na contramão das únicas condições aceitas: trabalho de rotina de fiscalização e requisições do Judiciário e da procuradoria. As investigações sobre a violação de sigilo continuarão por, no máximo, 30 dias.

Sociedade
4. Policiais que liberaram carro que matou filho de atriz são afastados

Os dois policiais que liberaram Rafael de Souza Bussamra, responsável pelo atropelamento e morte de Bruno Mascarenhas, foram afastados ontem pela Polícia Militar. Segundo reportagem do Estadão, as imagens entregues à polícia pela Companhia de Engenharia de Tráfego mostram que os policiais chamados por um dos motoristas abordam os dois veículos a menos de 200 metros do acidente, mas não levam os rapazes para a delegacia. Em depoimento, Bussamra declarou ter relatado o acidente aos policiais e ter sido orientado a registrar a ocorrência sozinho. O comando da polícia divulgou outra nota anunciando que apuraria o caso “com rigor”.

5. Juiz deve ouvir Bruno e mais quatro suspeitos hoje
O juiz Elias Charbil Abdou Obeid deve ouvir hoje o goleiro Bruno Fernandes e mais quatro suspeitos de participação no suposto assassinato de Eliza Samudio. Segundo reportagem da Folha, Bruno, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, e Sérgio Rosa Sales, o Camelo, devem prestar depoimento hoje às 13h30 no Juizado da Infância e Juventude de Contagem. O objetivo, de acordo com o jornal, é colher provas no processo que envolve o adolescente de 17 anos primo do goleiro.

6. Ventos de 124 km/h atingem o Sul e ferem pelo menos 12 pessoas
Um forte temporal acompanhado por um vendaval de até 124 km/h atingiu na noite de ontem as cidades de Canela e Gramado, localizadas na região serrana do Rio Grande do Sul. De acordo com reportagem da Folha, os fortes ventos que duraram três minutos feriram 12 pessoas e desabrigaram outras 10. Pelo menos 3 mil prédios ficaram sem energia.

Mundo
7. Colômbia apresenta hoje “provas” contra Venezuela

O governo colombiano anunciou que apresentará hoje à Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington, pelo menos um caso concreto de que guerrilheiros abrigados na Venezuela ordenam ataques em território colombiano. À reportagem da Folha, o chanceler colombiano Jaime Bermúdez afirmou que os casos são recentes. “Não estamos falando de coisas que aconteceram há seis meses. Temos informações precisas sobre reuniões e sobre a presença física contínua de guerrilheiros lá”, disse.

8. Parlamentar alemão quer que pessoas acima do peso paguem mais imposto
O deputado alemão Marco Wanderwitz, do Partido Cristão-Democrata (CDU), da chanceler Angela Merkel, declarou em entrevista ao jornal alemão Bild que gordos deveriam pagar um imposto para compensar os gastos de saúde resultantes de sua excessiva carga corporal. “É preciso discutir se os imensos custos resultantes, por exemplo, de uma alimentação excessiva devem ser assumidos a longo prazo pelo sistema de saúde”.

Economia
9. Economia informal brasileira equivale a PIB argentino

Pesquisa produzida pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que a produção da economia informal no Brasil movimentou R$ 578 bilhões no último ano, valor próximo à soma de todas as riquezas geradas pela Argentina em 2009. Segundo reportagem da Folha (para assinantes), apesar da cifra relevante, o estudo aponta que a movimentação das riquezas não reportadas ao governo caiu de 21% do Produto Interno Bruto (PIB), em 2003, para 18,4% no ano passado.

10. Governo chines prevê crescimento de 9,5% do PIB
Relatório publicado pelo Centro de Informação chinês, instituto ligado ao governo, mostra que a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) local deve chegar a 9,5% este ano. De acordo com reportagem da Folha, no segundo trimestre deste ano o PIB chinês cresceu a uma taxa anualizada de 10,3%.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início