quinta-feira, 4 de junho de 2015

Comunidades da Terra do Meio (PA) e empresas fortalecem cadeia de valor na Amazônia

Durante a II Semana do Extrativismo da Terra do Meio (PA), realizada na Resex do Rio Iriri, empresas como a Mercur e a Wickbold pactuaram acordos de compra de toda a borracha e castanha produzida nas próximas safras
 
Fonte: Leticia Leite/ISA
 
 
 O extrativismo surge como uma forma eficiente e sofisticada para que a floresta sobreviva à pressão de madeireiros e da pecuária ilegal. Os produtos da Terra do Meio são extraídos de regiões isoladas. Cerca de 300 famílias que vivem como esta comunidade na foto, chamada Morro do Anfrísio, estão espalhadas em três Reservas Extrativistas (Resex), com 1,5 milhões de hectares de floresta protegidos no Pará, distantes até 400 km de rio do centro urbano de Altamira|Fotos: Marcelo Salazar-ISA

Representantes da empresa Mercur, maior transformadora brasileira de borracha e Wickbold, segunda marca do país no setor de pães industrializados pactuaram acordos de compra da produção de toda a borracha e castanha disponível nas próximas safras das Resex da região da Terra do Meio (PA). Os termos foram definidos durante a II Semana do Extrativismo da Terra do Meio, em 17 e 18 de maio, no centro da Reserva Extrativista do Iriri, sul do Pará.

Além dos parceiros comerciais, gestores das Unidades de Conservação e representantes dos governos municipal, estadual e federal e organizações atuantes na região também participaram do evento. 

As três Reservas Extrativistas da Terra do Meio foram criadas entre 2004 e 2008 e estão consolidando uma cadeia de valor na região. O próximo passo vai depender, mais uma vez, de políticas de incentivo adequadas para populações que vivem a uma distância que pode chegar a 10 dias de barco do próximo centro urbano, que é Altamira, com quem dividem os serviços públicos já sobrecarregados com a chegada da usina Belo Monte, em construção desde 2011.

Seja o primeiro a comentar

Copyright© 2008-2015 | AGUA BOA NEWS COMUNICAÇÃO LTDA Todos os direitos reservados | By: MICHEL FRANCK

Início